____________________________________________________________________


PORQUE LIMPAR OS DISCOS
____________________________________________________________________

Discos de vinil continuam sendo apreciados em todo o mundo. N�o apenas pela magia do ritual que envolve a audi��o de um LP, mas tamb�m pela naturalidade, calor, corpo e fidelidade do som anal�gico, virtudes jamais equiparadas por formatos digitais.

O que frustra s�o aqueles indesej�veis e, para alguns, at� "charmosos" ru�dos que n�o fazem parte da grava��o, mas sim "v�m de brinde" junto com o LP. Part�culas de sujeira incrustadas nos sulcos do disco que no caminho da agulha acabam ganhando vida sonora: “CLICS”, “PLOCS” e o famoso chiado semelhante ao ru�do de fritura.
� o que escutamos ao tocarmos discos n�o realmente limpos.

Al�m desses ru�dos, outra importante conseq��ncia � o fato da agulha agir como uma lixa ou esmeril ao transportar e provocar o atrito dessas part�culas de sujeira contra as paredes dos sulcos, o que acaba causando danos. Tais danos, mesmo microsc�picos, terminam por se incorporar definitivamente ao registro sonoro, passando a ser parte indissoci�vel de discos muitas vezes insubstitu�veis. Ficam "gravadas e tocadas" para sempre no seu LP.
E, como se isso n�o bastasse, a agulha tamb�m sofre danos microsc�picos e desgasta-se mais depressa.

Outros problemas decorrem do ac�mulo da sujeira no sulco, formando uma crosta que mascara especialmente os detalhes mais delicados do registro sonoro. A percuss�o em metais soa como se pratos estivessem danificados, cobertos por panos ou fossem percutidos com baquetas amortecidas por pontas de feltro. O pianista parece usar sempre os pedais para abafar a notas mais altas. O “s” no fim das palavras enfraquece ou some.

Alguns m�todos de lavagem que n�o envolvam suc��o podem at� agravar tais problemas, ao transformar a sujeira s�lida em uma argamassa fina que ir� funcionar como um reboco que recobre os mais delicados registros.

Da� termos motivos mais do que razo�veis para mantermos nossos LPs realmente limpos:

1) Qualidade sonora
2) Conserva��o do LP
3) Manter a agulha limpa, aumentando consideravelmente sua vida �til.

Isso apenas para enumerar os mais �bvios.



COMO FUNCIONA
____________________________________________________________________

A grande vantagem comparativa do uso de m�quinas de lavagem de discos sobre outros m�todos � o emprego da suc��o.

As in�meras receitas e m�todos existentes, mesmo incluindo um enx�g�e ou imers�o em �gua abundante, n�o eliminam os detritos acumulados nas partes mais profundas dos sulcos. � a� que a suc��o faz a diferen�a, ao tragar a sujeira levando-a embora, sem permitir que ela se deposite em outro ponto no disco.

Al�m da suc��o, a efic�cia desse sistema tamb�m conta com um importante aliado: o l�quido de limpeza, cuidadosamente formulado para ser eficaz, n�o atacar os componentes do vinil e n�o deixar res�duos.

Em um primeiro passo, o l�quido de limpeza infiltra-se profundamente e dissolve ou descola a sujeira, formando uma solu��o e suspens�o da sujeira (uma “sopa”). A escova de limpeza auxilia a deslocar a sujeira, expondo, ao mesmo tempo, mais material indesej�vel a a��o do l�q�ido.

Ap�s a dilui��o da sujeira, a suc��o encarrega-se de sugar a “sopa de detritos”, deixando o disco sem qualquer mat�ria estranha. Ou seja, limpo, sem res�duos e 100% seco, pronto para uma audi��o ou grava��o l�mpida e clara.


RESULTADOS E CARACTER�STICAS
____________________________________________________________________

De forma geral, o resultado deixa a impress�o de que foi "retirada uma cortina da frente das caixas ac�sticas".
O som do LP ressurge com um brilho e nitidez que o ouvinte jamais imaginara existir.
 
Ressaltando:


M�QUINAS PHK
____________________________________________________________________

As m�quinas de lavar LPs PHK trazem esse sistema at� voc�, at� ent�o ausentes para o mercado nacional. S�o o resultado de um projeto desenvolvido com muita dedica��o e seriedade, primado pela minuciosa aten��o aos detalhes, resultando em um produto final confi�vel e eficiente.

Um projeto elaborado com foco em 4 pontos fundamentais:

1) Efici�ncia: um produto que garante os mesmos resultados das consagradas m�quinas importadas
2) Qualidade: um produto feito com componentes de alta qualidade
3) Baixo custo: um produto de custo acess�vel ao mercado nacional
4) Est�tica: Um produto de belo acabamento, obviamente respeitando-se as limita��es de um produto n�o industrializado, mas sim artesanal
 
Projetadas para serem utilizadas em conjunto com aspiradores de p� dom�sticos, as m�quinas PHK s�o extremamente compactas. E entregam os mesmos resultados das car�ssimas m�quinas importadas: Discos microscopicamente limpos.